CMPorto

Fim dos feriados religiosos poderá ser adiado para o próximo ano

Fim dos feriados religiosos poderá ser adiado para o próximo ano

De acordo com o responsável, não haveria nenhum impedimento se os feriados a eliminar fossem celebrados no final do ano, contudo, a proximidade de outros, como o Corpo de Deus e o da Assunção de Nossa Senhora, pode ser um obstáculo. “Esperemos que o Governo possa ter isso em atenção”, afirmou o padre, recusando a ideia de que o Governo se atrasou em iniciar o diálogo sobre a eliminação dos feriados.
A questão colocada pelo secretário da CEP prende-se com a possível morosidade do processo. “Tudo isso depende de várias reuniões, das várias comissões, dos dicastérios romanos e isso nem sempre pode ser com a velocidade que gostaríamos que fosse”, notou. “É verdade que para o Corpo de Deus faltam cerca de dois meses”, referiu, acrescentando que, além das questões pastorais, há outros elementos a ter em conta nomeadamente as marcações em hotéis, restaurantes e demais programações turísticas.
PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=pli