PUB
CIN - Branco Perfeito

Festival Elétrico está de volta com 40 horas de música

Festival Elétrico está de volta com 40 horas de música

O Festival Elétrico está de regresso para uma terceira edição repleta de energia e música eletrónica nos dias 1, 2 e 3 de julho.

De acordo com a nota de imprensa, “o Parque da Pasteleira será de novo o palco verde de 20 artistas, nacionais e internacionais, reconhecidos e aclamados”. Estão garantidas 40 horas de música eletrónica, “mais de 7 mil espectadores esperados e dezenas de atividades espalhadas pelos 5 espaços do recinto”.

Este festival proporciona “a mais vanguardista experiência de música, dança e partilha”, complementado o contacto com a natureza com intervenções artísticas, tecnologia, inovação e espiritualidade. A pensar no “espírito de diversão para toda a família”, o Elétrico privilegia as horas de sol e promove uma energia festivaleira diurna.

No palco Elétrico Music, nomeadamente no dia 1 de julho, atuam David Moreira, DJ Koze, Francesco Del Garda, Maria Callapez (live), Seth Troxler e Tiago Carvalho. Já no dia 2 tocam Catarina Silva, Diana Oliveira, KiNK, Priku, Raresh e Roza Terenzi.

Por último, no dia 3 dão música Floating Points, Klin Klop (live band), Kruder & Dorfmeister (DJ set), Luisa, Moullinex e Rui Vargas.

À semelhança dos anos anteriores, a terceira edição do Festival Elétrico tem um espaço dedicado a inovação, tecnologia e sustentabilidade, com a parceria habitual – The Next Big Idea.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A “nova economia de criadores” é o tema deste ano, que irá debater as áreas de “criadores, comunidades e fãs e plataformas, web3 a blockchain e NFTs”.

No espaço Energy estão programadas sessões de Meditação, Yoga, Ecstatic Dance e Meditação Sonora, que “procuram oferecer aos participantes um equilíbrio entre o mundo mental, físico e espiritual, numa altura em que todos aspiram diminuir os níveis de stress e ansiedade”.

O Elétrico Art, a feira de arte do Festival, permite aos artistas da cidade do Porto “divulgar os seus trabalhos e apresentar-se ao público. Também os performers de street art terão a oportunidade de partilhar as suas criações, estas ao vivo, pintando as vedações do recinto”.

Sendo este um festival para toda a família, as crianças têm o seu espaço próprio. Assim irão ser promovidos “workshops meditativos e a experiência de pintar murais com Inês Sousa Cardoso Peres, artista visual e terapeuta”. Referir que as crianças até aos 12 anos não pagam entrada no festival.

Na sexta-feira, dia 1, o festival abre portas às 14h e encerra à 1h, no sábado, dia 2, podem usufruir do festival das 11h às 1h e no domingo das 10h às 23h00.

Foto: Festival Elétrico (Arquivo)

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem