PUB
Recheio 2024 Institucional

Festival de Cinema vai chegar a Espinho ainda este mês

Festival de Cinema vai chegar a Espinho ainda este mês

Entre os dias 24 de junho e 1 de julho, Espinho será palco de uma celebração especial: o 20º aniversário do FEST – Festival Novos Realizadores | Novo Cinema. Reconhecido como um espaço de descoberta para o cinema emergente, o festival promete uma programação rica e variada com estreias nacionais e internacionais, para além de uma forte presença de realizadoras.

A edição deste ano começa com “Filhos”, um thriller psicológico do realizador Gustav Moller, que narra o dilema moral de uma funcionária prisional quando um jovem do seu passado é transferido para a sua prisão. Este filme já conquistou o prémio de Young Cinema no Festival de Hong Kong e foi um destaque no Festival de Berlim.

Para o encerramento, o festival escolheu “Memories of a Burning Body” da realizadora costa-riquenha Antonella Sudassassi Furniss. Este doc-ficção, premiado pelo público na secção PANORAMA do Festival de Berlim, aborda temas como a repressão feminina e a violência doméstica.

Na Competição Lince de Ouro de Ficção, serão exibidos filmes que representam a diversidade do cinema mundial, com ênfase em obras dirigidas por mulheres e com temas femininos:

  • “The Rapture” de Iris Kaltenbäck: Uma parteira lida com as complexidades da maternidade na era moderna.
  • “Melk” de Stefanie Kolk: A história emocional de uma mulher que perde o seu bebé e decide doar o leite materno.
  • “Animal” de Sofia Exarchou: Explora a violência contra as mulheres numa estância balnear grega.
  • “Adamant Girl” de Vinothraj PS: Thriller sobre castas e misoginia na Índia.
  • “The Quiet Maid” de Miguel Faus: Um olhar sobre a luta de classes e a objetificação das mulheres através da história de uma empregada doméstica.

A Competição Lince de Ouro de Documentário apresenta obras que exploram temas de amor, luto, e questões globais:

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
  • “Echo of You” de Zara Zerny: Um retrato tocante do amor duradouro de um casal idoso dinamarquês.
  • “After the Bridge” de Davide Rizzo & Marzia Toscano: A dor de uma mãe italiana cujo filho se tornou jihadista.
  • “Blix Not Bombs” de Greta Stocklassa: Conversas com Hans Blix sobre as inspeções de armas no Iraque.
  • “Anqa” de Helin Çelik: Aborda a violência doméstica no Médio Oriente.

Para celebrar duas décadas de existência, o FEST apresenta a secção Be Kind Rewind, exibindo uma seleção de filmes que marcaram a história do festival. Entre eles, destaca-se “Farha” de Darin J. Sallam, um filme que enfrenta censura por retratar eventos relacionados com a criação do estado de Israel em 1948.

Grande Prémio Nacional: Foco no Cinema Português

O Grande Prémio Nacional traz uma seleção de filmes portugueses de realizadores como Ruben Sevivas, Guilherme Daniel, Carolina Aguiar, Gonçalo Loureiro e Bruno Carnide. Um destaque especial vai para “Seu Nome Era Gisberta” de Sérgio Galvão Roxo, que conta a trágica história de Gisberta, uma mulher trans vítima de um crime em 2006.

Um dos pontos altos do festival é o FEST Pitching Forum, onde 24 projetos são apresentados para receber financiamento e apoio à produção.

O FEST – Festival Novos Realizadores | Novo Cinema deste ano promete ser um evento imperdível para os entusiastas do cinema, celebrando duas décadas de inovação e criatividade com uma programação excepcional.

Fotografia: Fb FEST

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem