PD - revista Sabe Bem

Festeje o São Martinho, em casa, com receitas deliciosas!

Festeje o São Martinho, em casa, com receitas deliciosas!

Esta quarta-feira celebra-se o Dia de São Martinho, uma tradição já com alguns anos e vivida pelos portugueses de forma particularmente simbólica. “No dia de São Martinho, pão, castanhas e vinho!”, assim reza o provérbio popular, que costuma levar milhares a festejar a data entre família, amigos e, até, meros conhecidos.

Os tradicionais magustos, as festas onde se assam as castanhas e se celebra com alegria e partilha, este ano darão lugar a festejos mais caseiros e ponderados. Pelo menos é o que se espera, tendo em conta o atual contexto de pandemia e as restrições atuais, que impedem ajuntamentos superiores a cinco pessoas. E é também o que apela a Polícia de Segurança Pública (PSP), que assinala a data com uma publicação no Facebook, onde pede à população que “celebre o Dia de São Martinho respeitando o afastamento físico”.

“Proteja-se a si e proteja os outros”, lê-se no post, que recorda também a lenda que deu origem ao mítico Verão de São Martinho.

“Conta a lenda… certo dia, um soldado romano chamado Martinho estava a caminho da sua terra natal. O tempo estava muito frio e Martinho encontrou um mendigo que lhe pediu esmola. Martinho rasgou a sua capa em dois e deu uma metade ao mendigo. De repente o frio parou e o tempo aqueceu. Este acontecimento acredita-se que tenha sido a recompensa por Martinho ter sido bom para com o mendigo. Por norma, na véspera e no Dia de São Martinho o tempo melhora e o sol aparece, tal como sucedeu com São Martinho. Este acontecimento é conhecido como o Verão de São Martinho.”

Aproveite este ano atípico para celebrar a data de uma forma diferente. Que tal experimentar algumas receitas novas com a rainha do magusto? As castanhas podem ser confecionadas de diversas formas. Cozidas com especiarias, assadas com mel e alecrim ou mesmo na frigideira… estas são apenas três sugestões do Mercadão, o centro comercial online com entregas rápidas do Pingo Doce, que o vão deliciar.

Experimente estas propostas, partilhadas pelo Notícias ao Minuto, e desfrute de um Dia de São Martinho igualmente especial. 

Castanhas cozidas com especiarias: para os fãs de especiarias, esta forma de cozinhar a castanha deixa-a com um sabor intenso e distinto. Para as cozer, é necessário primeiro golpear as castanhas e de seguida colocá-las numa panela com água junto com alho, folhas de louro, erva doce, sal e pimenta, tudo a gosto. De seguida deixar ferver durante 30 minutos até estarem macias e prontas para servir à mesa.

Castanhas assadas com mel e alecrim: para aqueles que preferem o doce ao salgado, esta é uma forma alternativa às tradicionais castanhas assadas. Para fazer sobressair o sabor adocicado, a receita inclui alecrim, extrato de baunilha, mel, azeite e sal, tudo a gosto. O segredo está em misturar as castanhas com o alecrim, o azeite, a baunilha e o mel, envolvendo bem, e apenas no final acrescentar-lhes uma pitada sal grosso. Por fim, é só levá-las a assar durante 20 minutos a 180º.

Castanhas na frigideira: para os quem não têm um forno a lenha ou lareira em casa e não resistem àquele sabor a carvão das castanhas de rua, é possível prepará-las na frigideira e replicar a textura da verdadeira castanha assada. Basta ter uma frigideira e sal grosso, colocar as castanhas no fundo da frigideira sem se sobreporem, tapá-las e deixar cozinhar durante cerca de 5 minutos; depois, destapar e salpicar as castanhas com água, voltando a tapar durante 5 minutos; de seguida, voltar a destapá-las para temperar as com sal e deixar cozinhar novamente durante mais 10 minutos. Em 30 minutos as castanhas estão prontas para serem servidas, de preferência em folha de jornal.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/ja-cheira-a-natal-na-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=201120-ta5&utm_campaign=sabebem58

Viva! no Instagram. Siga-nos.