Sogrape

FENPROF anuncia vigília e mais medidas reivindicativas

FENPROF anuncia vigília e mais medidas reivindicativas

A iniciativa terá início às 15h00 do dia 24 e prolongar-se-á até às 12h00 do dia seguinte. No dia em que o Governo deverá enviar aos sindicatos as suas propostas para alterar o modelo de gestão das escolas (10 de fevereiro), a FENPROF promove uma conferência sobre autonomia e gestão escolar, com um especialista da Universidade do Minho e elementos de órgãos de gestão das escolas.
Em comunicado, a FENPROF diz também que vai solicitar ao MEC uma reunião para exigir medidas concretas que previnam a indisciplina e punam a violência em espaço escolar ou exercida sobre os docentes. O futuro dos Centros Novas Oportunidades (CNO) está também na agenda da federação, bem como o Ensino do Português no Estrangeiro (EPE).
O Conselho Nacional irá reunir-se a 9 e 10 de março com o intuito de, «face à gravidade da situação que vive o país e os impactos negativos na Educação», aprofundar o debate político sobre o problema e aprovar uma resolução sobre a ação reivindicativa que constitua «um verdadeiro caderno reivindicativo dos professores, educadores e investigadores», lê-se no texto do comunicado da FENPROF.
PUB
bit.ly/2YNY4PG