PUB
Recheio 2024 Institucional

Feira do Livro do Porto arranca com muitos visitantes

Feira do Livro do Porto arranca com muitos visitantes

A Feira do Livro do Porto já arrancou e na sua inauguração estiveram presentes o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o presidente da Câmara Municipal, Rui Moreira, para visitar cada um dos expositores, mas também para distribuir cumprimentos e tirar fotografias com todos os que o solicitaram.

No início da tarde de sexta-feira, o Presidente da República confessou ter comprado algumas obras literárias, admitindo que é um apaixonado por livros e um colecionador. “Já enviei para Celorico de Basto mais de 200 mil volumes ao longo da minha vida para que outros beneficiem, e não apenas eu, daquilo que é fundamental para a formação de todos nós”, frisou Marcelo Rebelo de Sousa, considerando “preocupante” haver uma “maioria esmagadora dos portugueses” que não tem hábitos de leitura.

Rui Moreira, de regresso à cidade do Porto após a deslocação ao Brasil, para onde viajou com o coração de D. Pedro, sublinhou que a iniciativa não se trata apenas de uma feira do livro, mas sim de um festival cultural.

“Nós chamamos-lhe feira do livro porque é o nome mais tradicional, mas há um conjunto enorme de atividades que versam desde a música, artes plásticas, há muita coisa para ver”, lembrou, expressando o desejo de que o público compareça: “já não temos aquelas dificuldades que tivemos durante os últimos dois anos. Espero que as pessoas que tinham medo de vir possam este ano regressar à Feira do Livro.”

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O presidente da autarquia portuense revelou que a Feira do Livro é “um dos momentos mais felizes do ano”, mostrando-se também agradado com o facto de estar muita gente presente na iniciativa. “Vejo muita gente a comprar livros. Quando vejo gente jovem a comprar livros, é a garantia que o livro vai continuar”, notou o autarca.

“Temos aqui um espaço que eu acho que os portuenses adoram, está bem tratado, é convidativo. Está bom tempo e é o momento de as pessoas conviverem. Não há nada melhor do que a cultura para as pessoas conviverem, é isso que nos junta a todos”, concluiu.

Recorde-se que pode visitar os 84 expositores presentes no encontro literário e cultural e participar nas diversas atividades até 11 de setembro.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
PD- Literarura Infantil