PD - revista Sabe Bem

FC Porto goleia Belenenses

FC Porto goleia Belenenses

O FC Porto recebeu e venceu (5-0) o Belenenses SAD na noite de domingo, em encontro referente à 30.ª jornada da Liga portuguesa de futebol, e aproximou-se do título de campeão, restabelecendo a vantagem de seis pontos sobre o segundo classificado, Benfica.

Tiquinho Soares inaugurou o marcador ainda na primeira parte do encontro (31’), seguindo-se depois um festival de golos portista, com Marega a marcar aos 58’, Alex Telles aos 75’, de grande penalidade, e Fábio Vieira e Luis Dias aos 82’ e 92’, respetivamente.

No final da partida, Sérgio Conceição elogiou a prestação da sua equipa naquele que “foi um jogo muito interessante com golos muito bonitos”, mas admitiu que na primeira parte poderia ter feito mais. “O Belenenses entrou com jovens de qualidade e com frescura, por isso era preciso ter mais bola na primeira parte. Chegámos ao primeiro golo e fizemos o segundo, que foi anulado e que nos podia ter dado mais tranquilidade à ida para o intervalo.

O Belenenses também conseguiu chegar com qualidade ao nosso terço defensivo, e teve uma ou outra situação de finalização, mas sem criar verdadeiro perigo. A segunda parte foi bem melhor em tudo. Fizemos cinco golos, mas o resultado é um pouco volumoso para aquilo que o Belenenses fez, sobretudo na primeira parte. Não há ansiedade, há é muita vontade de fazer bem as coisas, mas também temos adversários de qualidade”, referiu.

A propósito dos seis pontos de vantagem conseguidos, a quatro jornadas do final do campeonato, o técnico dos dragões voltou a referir que é preciso analisar jogo a jogo. “Temos de nos concentrar e de nos focar no próximo obstáculo, que é o Tondela. Não vale a pena pensar muito no que faltam em termos de jogos e de pontos. No fundo, isso vai complicar a nossa concentração e o nosso foco no mais importante, que é o próximo jogo. Temos de olhar para o estado físico de alguns jogadores e delinear uma estratégia para ganhar em Tondela.”

“Tirando o jogo em Paços de Ferreira, nos últimos jogos temos permitido muito pouco aos adversários. É uma dinâmica coletiva, na qual toda a gente percebe a forma como queremos condicionar o adversário. Devo realçar todo o trabalho de toda a equipa e não só do setor defensivo. Quem não sofre golos, está mais perto de ganhar. É preciso continuar com esta consistência”, reforçou.

O FC Porto defronta o Tondela na próxima quinta-feira, dia 9 de julho, às 19h15, seguindo-se depois mais três jogos até ao final da competição (Sporting Moreirense e Sp. Braga).

Foto: FC Porto

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_campaign=menuchef&utm_content=301020-novomenu&utm_medium=banner&utm_source=vivaporto&utm_term=banner

Viva! no Instagram. Siga-nos.