Philips

FC Porto foi o clube português com maior lucro

Desta forma, o clube azul e branco conseguiu recuperar financeiramente a sua balança de transferências, uma vez que em 2011/12 tinha registado um prejuízo de quase 15 ME, apesar da milionária transação de Falcao. A maior parte dos clubes nacionais optou, este ano, pela contenção de gastos. O FC Porto investiu menos 49 ME do que na temporada passada, na qual realizou o seu maior investimento de sempre – 60,75 ME. As transferências do colombiano Guarin (11 ME) e do uruguaio Álvaro Pereira (7,5), contratados pelos italianos do Inter de Milão, foram os aspetos que contribuíram para o lucro do campeão nacional. Além disso, o austríaco Marc Janko e o argentino Belluschi geraram um encaixe global de 3,65 ME, sendo que, no caso do médio, o FC Porto apenas teve direito a 50% dos 2,5 ME pagos pelo Bursaspor.

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.