Poupar PD

FC Porto entra em 2021 a vencer

FC Porto entra em 2021 a vencer

O FC Porto entrou no novo ano a vencer. Na noite de domingo, a equipa de Sérgio Conceição derrotou o Moreirense, por 3-0, em jogo referente à 12.ª jornada do campeonato, e subiu, provisoriamente, ao segundo lugar, devido ao adiamento do encontro entre Santa Clara-Benfica, reagendado para esta segunda-feira. 

Sérgio Oliveira, Toni Martinez e Evanilson apontaram os golos da vitória azul e branca, no Dragão, respetivamente, aos 22, 88 e 91 minutos. 

Para o técnico dos dragões, este foi um “bom jogo”, mas “nada de espetacular”. Sérgio Conceição acredita que a equipa teve “ocasiões para fazer mais golos” e que em alguns momentos “faltou alguma consistência”. “É um resultado justo, mas se tivéssemos feito mais um ou outro golo não seria escândalo para ninguém. Houve algumas saídas rápidas em que o Moreirense poderia ter criado perigo, mas no cômputo geral, controlámos bem o jogo”, considerou. 

“Criámos várias situações de golo para chegarmos ao intervalo com um resultado mais volumoso. Na segunda parte fomos sempre à procura do segundo golo, que apareceu já tarde, e ainda tivemos um golo anulado. Creio que tivemos sempre o jogo controlado”, afirmou, abordando ainda as substituições realizadas no ataque. 

De acordo com o treinador, Marega “não estava tão bem no jogo”, razão pela qual optou por meter Toni. “Tivemos de refrescar a frente de ataque devido a algum cansaço do Corona, do Luis Díaz e do Taremi. Temos de ter atenção e cuidado e fazer a gestão da melhor forma”, explicou, dando como exemplo as substituições realizadas no último encontro, com o Vitória de Guimarães, em que “os jogadores que saíram do banco deram uma excelente resposta”. 

A propósito da liderança, Sérgio Conceição garante que o clube vai “à procura daquele que é o seu lugar”. “Somos os campeões nacionais e vamos atrás do primeiro lugar. É exatamente isso que temos de fazer, olhando para cada jogo como uma final. Temos de correr atrás do prejuízo e temos consciência de que não podemos perder mais pontos. É um campeonato difícil, uma maratona, mas estamos preparados. Espero em maio estar no lugar que ocupámos no final da época passada”, concluiu. 

Recorde-se que, com este resultado, o FC Porto voltou a reduzir a distância para o primeiro lugar.  

PUB
www.pingodoce.pt/folhetos/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=etaobompouparassim&utm_campaign=institucional