PUB
Recheio 2024 Institucional

Faleceu o autor de “Amor de Estudantes”

Faleceu o autor de

Aureliano da Fonseca, antigo estudante e professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e um dos símbolos maiores do movimento estudantil da academia portuense, faleceu este sábado, aos 100 anos de idade.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Médico dermatologista de qualidade reconhecida – profissão que exerceu até aos 99 anos de idade –, Aureliano da Fonseca ficará para sempre na história do movimento académico pela composição do tema “Amores de Estudante”, que se transformaria no hino maior dos estudantes do Porto, reproduzidos por tunas e grupos de fado académico de todo o país.

Nascido a 25 de fevereiro de 1915, Aureliano da Fonseca licenciou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) em 1940, tendo concluído o doutoramento na mesma instituição em 1960. Iniciou a carreira de docente em 1950, na FMUP, tendo lecionado até ao ano de 1977.
Em 1937 foi um dos principais responsáveis pela reativação do Orfeão Universitário do Porto (OUP), instituição criada em 1912, apenas um ano após a criação da própria Universidade, mas que passou depois por um período de inatividade. Graças aos esforços de Aureliano da Fonseca e seus pares, o Orfeão Universitário do Porto acabaria por ressuscitar e continuar a sua atividade até aos dias de hoje.
O funeral de Aureliano da Fonseca realiza-se esta segunda-feira, às 14h30, partindo da Igreja do Foco (Boavista), no Porto.
PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem