PUB
Recheio 2024 Institucional

Está inaugurado o Bolhão. Mais de 20 mil pessoas já visitaram o espaço

Está inaugurado o Bolhão. Mais de 20 mil pessoas já visitaram o espaço

O Mercado do Bolhão reabriu esta quinta-feira as portas, depois de quatro anos de obras e espera por parte de comerciantes e visitantes. Até às 13 horas, já 20 mil pessoas tinham passado pelo espaço centenário, reforçando assim a sua importância na cidade.

Os portuenses que regressaram ao emblemático edifício mostravam-se emocionados e muitos ainda não acreditavam que iriam poder voltar a percorrer as bancas das Irmãs Araújo, Dona Ilda, Cantinho da Dona Rosa, Peixaria da Sara ou da Queijaria do Bolhão e do André Amolador.

Foram muitos os abraços entre antigos e novos comerciantes, clientes e até ao próprio presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, que estava naturalmente satisfeito e comovido.

“No fundo, é devolver às pessoas o Mercado. É o momento da cidade do Porto se reencontrar com o Bolhão, consigo própria. A cidade hoje entrega a si própria aquilo que é o seu coração. O Bolhão é isto. Só tínhamos visto a parte patrimonial. Agora quero ver isto com pessoas. O Bolhão sem pessoas não faz sentido, não é um museu”, frisava depois de tocar simbolicamente o sino na abertura do espaço.

“É a nossa alma que está aqui”, reforçou Rui Moreira, deixando a mensagem à cidade: “agora o que é preciso é que as pessoas venham cá fazer compras. Agora é que é o tempo da cidade apoiar o Bolhão”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O Mercado reabriu com 79 bancas de produtos frescos, artesanato e cafetaria, e contará ainda com 38 lojas exteriores ao edifício, além dos 10 restaurantes do primeiro piso, refere a nota de imprensa.

As principais novidades passam pela cave logística de apoio aos comerciantes, por uma ligação direta à estação de Metro do Bolhão, uma cozinha totalmente equipada para acolher showcookings e um passadiço que permite circular diretamente entre as ruas Alexandre Braga e Sá da Bandeira.

A partir desta quinta-feira o há também uma maior oferta de produtos, visto que, os comerciantes, que estavam restringidos a uma licença, poderão vender bens de outras categorias. “Foi feito um trabalho a nível de alargamento desses produtos e de 22 categorias, para cada um poder ter a sua oferta alargada, ficando disponíveis quase 4.500 produtos”, sublinhou, a vice-presidente da Go Porto, Cátia Meirinhos, aquando da visita guiada, pelo Mercado, à imprensa.

Recorde-se que nestes quatro anos foram realizadas diversas intervenções, entre as quais, a total recuperação da fachada, os revestimentos com azulejo em vários compartimentos, a recuperação de toda a cobertura do edifício e o reforço da sua estrutura em soletos de ardósia. Também na cobertura, contemplou-se o tratamento de todo o gradeamento metálico das cumieiras.

O horário de funcionamento do Mercado do Bolhão será das 8h às 20h de segunda a sexta-feira, e aos sábados das 8h às 16h.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem