Junta da Galiza

Cruzar pernas pode fazer com que um dos ombros fique mais subido

Cruzar pernas pode fazer com que um dos ombros fique mais subido

Muitas pessoas, principalmente as mulheres, têm o hábito de cruzar as pernas ao sentar-se, uma vez que na maioria das vezes se acaba por ficar numa posição mais confortável. No entanto, isso não quer dizer que seja benéfico para a saúde, pelo contrário, está-se mesmo a prejudicar a postura.

De acordo com a plataforma Healthline, quando as pessoas se sentam durante largos períodos com a perna sobre o joelho, a pélvis tem tendência a girar e a inclinar. Esta situação poderá fazer com que após algumas horas a pessoa senta alguma dor na região lombar.

Assim, um dos maiores problemas e consequências a longo prazo seria o desalinhamento da coluna. Estes fatores, segundo um estudo publicado pelo Journal of Physical Therapy Science, são um efeito negativo do hábito de cruzar a perna pelo menos durante três horas por dia.

O facto de se ficar com um ombro mais subido do que o outro e o pescoço empurrado para a frente são também outras possíveis consequências do cruzar de pernas.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/um-regresso-saboroso-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=23092022-edicao69utm_campaign=sabebem