Sogrape

Construção da nova sede da Liga deve arrancar ainda este ano

Construção da nova sede da Liga deve arrancar ainda este ano

A primeira pedra do Arena Liga Portugal, que será erguido na Rua de John Whitehead, em Ramalde, no Porto, deverá ser lançada ainda durante o ano de 2021, revelou o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença. A nova sede da Liga deverá estar concluída em 2023.

Na reunião do executivo municipal de segunda-feira, Pedro Proença assegurou estar “dentro do cronograma. As coisas têm corrido muitíssimo bem e, portanto, nós pensamos ainda este ano lançar a primeira pedra”. Citado pelo Sapo Desporto, o responsável disse esperar “nos próximos dois anos estar a convidar os senhores vereadores para a inauguração da sede”.

De acordo com o revelado em outubro de 2020, o edifício da nova sede, localizada num terreno cedido pela autarquia portuense, na Rua de John Whitehead, em Ramalde, será composto por sete andares, com um auditório com capacidade para mais de 400 pessoas, um centro de formação e investigação, um museu de competições profissionais, onde estarão representadas todas as “marcas que significam o Futebol Profissional em Portugal”, uma zona de futebol ITECH, onde poderão ser realizados os mais variados “testes de performance aos desportivas, recorrendo a tecnologias avançadas”, e ainda uma “fun zone” com capacidade para mais de mil pessoas.

O projeto, da autoria do gabinete de arquitetura Ooda (responsável obra do Matadouro Industrial de Campanhã), corresponde a um investimento de 18 milhões de euros, assumidos pela instituição, e, além de outras valências, explicou Pedro Proença, permitirá ao município do Porto “tornar-se no primeiro a acolher a primeira licenciatura, a nível mundial, de Organização e Gestão no Futebol Profissional”, resultado de uma parceria com a Universidade Católica Portuguesa e a La Liga Espanhola. 

De referir que a Câmara do Porto aprovou, esta segunda-feira, por unanimidade, a cedência, por seis dias, do Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota à LPFP para a realização do “Thinking Football Summit”.

O evento, que “vai trazer aquilo que de melhor há na indústria do futebol”, vai decorrer entre 2 e 5 de setembro e será apoiado, nos mesmos moldes, nas edições de 2022, 2023 e 2024.

Promover a discussão das principais temáticas do futebol profissional, agregando num só evento, jornadas, cimeiras de presidentes, conferências e debates, é o objetivo da iniciativa que, avança o Sapo Desporto, incluirá mais de 100 atividades diferentes, 40 conferências, 96 oradores, sendo esperados 1000 profissionais do setor e 150 empresas.

O retorno económico previsto para a primeira edição, aponta o Porto., é de 4,5 milhões de euros.

Foto: Miguel Nogueira | CM Porto

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-ha-10-anos-a-mesa-consigo/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=100521-ta5&utm_campaign=sabebem61

Viva! no Instagram. Siga-nos.