Sogrape

Comboios de Portugal em greve de 24 horas

Comboios de Portugal em greve de 24 horas

Os trabalhadores da CP – Comboios de Portugal estão em greve nesta segunda-feira, durante 24 horas, de forma a reivindicar aumentos salariais de 90 euros para todos os trabalhadores.

A greve decorre entre as 00h00 e as 24h00, mas abrange também os trabalhadores que iniciaram o seu período de trabalho no domingo ou que iniciem o seu período de trabalho nas últimas horas de hoje e terminem na terça-feira.

“O principal motivo desta greve são os aumentos salariais, embora estejam também em causa outras matérias, como a aplicação do Acordo de Empresa da CP aos trabalhadores da antiga EMEF, para acabar com as desigualdades”, explicou o coordenador da Fectrans, José Manuel Oliveira à agência Lusa.

Segundo o coordenador, a decisão dos trabalhadores é “um protesto contra a intransigência do Governo e da CP, o arrastamento das negociações e os salários baixos”. A Fectrans e o seu sindicato, filiados na CGTP, reivindicam um aumento mínimo de 90 euros para todos os trabalhadores da CP, a quem foi aplicada uma atualização de 0,9%, tal como foi imposto a todo o Setor Empresarial do Estado e Administração Pública. “Se queremos a modernização do caminho-de-ferro, é preciso também apostar nos trabalhadores ferroviários”, defendeu José Manuel Oliveira.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/diga-ola-ao-verao-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem&utm_campaign=sabebem