Sabor do mês PD - peixe

Circo contemporâneo percorre várias cidades do Minho

Circo contemporâneo percorre várias cidades do Minho

A oitava edição do Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous arranca na próxima semana, de 18 a 23 de julho. O evento organizado pelo Teatro da Didascália conta com 11 espetáculos, cinco estreias nacionais, duas coproduções e sete espetáculos internacionais, que prometem encher as ruas, atalhos e vielas das cidades de Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão.

Segundo a nota de imprensa, além destas criações, “o Festival conta, ainda, com oficinas de criação, dirigidas ao público mais jovem, bem como uma masterclass, para estudantes, profissionais ou entusiastas das artes performativas, e com uma sessão de pitching”.

«Kilometer 97,1» é o espetáculo que irá abrir a edição deste ano do Festival, que “tem estreia marcada para a próxima quarta-feira, dia 20 de julho, às 19h, em Barcelos (sendo o ponto de encontro a Praceta Francisco Sá Carneiro)”.

O documento revela que “produzido pela companhia francesa Collectif Protocole, esta criação vai deixar o público «saborear» os diferentes espaços e a «poesia invisível e escondida dos lugares», através da improvisação de malabarismos”.

Também «The Good Place» estreia a 20 de julho, às 22h, na Praça D. Maria II, em Famalicão. Criado pela companhia MCDF – Marcel et ses Drôles de Femmes, “a performance promete despertar a curiosidade do público ao questionar se «a obscenidade está realmente escondida onde a esperamos?»”.

O Festival Vaudeville Rendez-Vous vai acolher “mais três estreias nacionais, entre as quais o espetáculo da companhia CIA Jupon, Ensemble, uma apresentação delicada, instável e necessária, como deve ser o jogo entre duas pessoas que se encontram num ponto de equilíbrio”.

Por sua vez, a companhia catalã Los Galindos, apresenta “uma comédia absurda dos palhaços Melon, Rossinyol e Mardi”. Já de Espanha e Áustria, chega ao palco «Vaudeville The Frame», “espetáculo que se propõe cruzar o ordinário, o trivial e o geral para descobrir o extraordinário, o especial e o único”.

A edição de 2022 vai contar, ainda, com a apresentação de duas coproduções, «Do ferro à ferrugem», de Alan Sencades, e «Cir-K», da companhia Oliveira & Bachtler, que reforçam a aposta do evento em espetáculos desenvolvidos em território nacional na área do circo.

Refirir que o evento arranca já na próxima segunda-feira, dia 18, com as com Oficinas de Criação que vão decorrer em cada uma das cidades que acolhe o Festival.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes