CIN Cinacryl

“Cinto-me vivo” regista mais de 10.500 infrações

Durante a campanha “Cinto-me vivo”, que terminou na passada quarta-feira, dia 15, mais de 10.500 infrações, entre as quais 850 relativas à não utilização ou mau uso dos cintos de segurança, cadeirinhas para crianças e capacetes, foram detetadas.

Recorde-se que esta ação teve lugar entre os dias 09 e 15 de setembro sobre a alçada da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), GNR e PSP.

Durante o período da campanha as as autoridades registaram um total de 10.526 infrações, das quais 804 referentes aos cintos de segurança, 35 relativas a cadeirinhas para crianças e 11 referentes ao uso de capacetes.

Foram também registados um total de 2.227 acidentes, de que resultaram 12 vítimas mortais, 44 feridos graves e 696 feridos leves.

Em comunicado, a ANSR, GNR e PSP explicam que foram sensibilizados 375 condutores e passageiros a quem foram transmitidas diversas mensagens sobre a importância do uso correto dos dispositivos de segurança.

“O uso do capacete devidamente apertado e ajustado reduz em 40% o risco de morte em caso de acidente”, foi outra das mensagens transmitidas aos condutores.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=181021-menu&utm_campaign=menuchef

Viva! no Instagram. Siga-nos.