Recheio 2023

Cinco dicas para viajar com crianças nestas férias

Cinco dicas para viajar com crianças nestas férias

O mês de agosto é o mais querido pela maioria dos portugueses, uma vez que para muitos é sinónimo de férias. A escolha do destino, sobretudo para quem já tem filhos, nem sempre é fácil, principalmente se o local eleito ficar a muitas horas de distância.

Já existem muitos locais “kids friendly”, principalmente os de praia, mas é importante perceber que os mais novos não se adaptam tão facilmente a viagens longas, quer seja de carro ou avião. Por esse motivo é fundamental ter uma atitude flexível, lembrando-se que a previsibilidade é importante para as crianças e traz segurança.

Assim, a primeira dica para aqueles que vão iniciar uma viajem com crianças é: dizer sempre a verdade. Os mais pequenos devem ser preparados para a viagem e o tempo que esta irá durar, visto que dizer que “é já ali” ou “está quase”, quando não está, pode causar inquietação, insegurança e confusão.

O ideal para responder às habituais questões “já chegamos?” ou “ainda falta muito?” é confirmar que, de que facto, ainda falta algum tempo para a viagem terminar, mas que vão ser feitas pausas e assim que o percurso chegue ao fim, vai poder ir brincar, ir à piscina ou à praia. Desta forma, a criança vai poder associar coisas positivas ao processo de viajar.

No caso de viajar de avião deve optar-se por voos diretos. Quanto menos voos com ligações, menos cansadas ficam as crianças e menor é a hipótese de perder o próximo voo, tendo que ficar horas no aeroporto. Os voos noturnos também costumam ser uma boa opção pois permitem que os mais pequenos consigam dormir e descansar, tendo em conta que é mais difícil entretê-los durante muitas horas num espaço tão limitado e num voo de dia longo.

As rotinas devem também ser tidas em conta, principalmente se se tratarem de crianças mais pequenas, de forma a que não sintam uma diferença tão significativa. É aconselhado, ainda, que as refeições sejam feitas nas horas habituais, sem o veículo estar em andamento, para não destabilizar a criança. Os snacks e a fruta podem salvar muitas situações, especialmente se a viajem for de avião.

Aproveitar a hora da sesta de um bebé, para fazer a viagem, também pode ajudar a que esta seja menos cansativa.

As atividades durante a viajem, como jogos de palavras, cores ou livros para pintar, são igualmente um bom truque, para ajudar a minimizar a noção de tempo. As paragens nas estações de serviço são, da mesma forma, uma boa dica, uma vez que os mais novos vão poder correr, brincar e gastar energias.

O principal objetivo é tornar a viagem num momento agradável, e para isso é fundamental que estas dicas sejam postas em prática.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem