CIN - Branco Perfeito

Chocolate: um atentado à nossa pele?

Chocolate: um atentado à nossa pele?

Negro, branco, de leite, com amêndoas, com avelãs, com cereais tufados e até de arroz. Há-os de todas as formas e feitios, com mais ou menos açúcar, mas todos eles com uma grande legião de fãs. Os chocolates são uma das grandes tentações da população portuguesa, mas a eles estão associados vários mitos. Será que o chocolate faz, efetivamente, mal à nossa saúde, sobretudo à pele? Que é ele o grande provocador de acne?

De acordo com informação avançada pel’O Sapo, não é o cacau que faz mal à pele, mas sim “outros elementos presentes no chocolate”, que acabam por “trazer problemas”, sobretudo a quem sofre de acne.

“Açúcar, leite e gorduras são considerados «prejudiciais» para uma boa saúde da pele. Alimentos que levam farinha branca (carboidrato simples) ou açúcar acarretam o aumento da insulina no sangue, que, por sua vez, estimulam a produção de hormonas andróginas, que desencadeiam uma maior produção de sebo pelas glândulas sebáceas, aumentando a hipótese de aparecerem espinhas”, explica.

Serão os alimentos mais gordurosos, o leite e os seus derivados que “estimulam uma maior produção de gordura pelas glândulas sebáceas”, pelo que o chocolate pode “fazer mal à pele”. Contudo, isso não acontece por causa do cacau, mas sim pela “presença de açúcar, leite, e gorduras na sua composição”.

E, como tudo o que é consumido em excesso faz mal e agride a nossa saúde, o segredo está no equilíbrio. O ideal, aconselha O Sapo, é escolher chocolates com concentração mais elevada de cacau, preferencialmente com mais de 60%. Consumido com moderação, o chocolate apresenta uma série de benefícios na nossa saúde, como inibir o aparecimento de depressão, sobretudo quando se trata de chocolate amargo, considerado “um antidepressivo natural”, uma vez que “contém feniletilamina”.

Além disso, reduz o mau colesterol e ajuda o bom colesterol, protege o sistema cardiovascular e, consequentemente, reduz o risco de doenças cardiovasculares e é também considerado “uma fonte de magnésio e triptofano, nutrientes benéficos por estimularem o organismo a produzir endorfinas e serotoninas, responsáveis pelas sensações de bem-estar”.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes