Sogrape

Chef Vasco Coelho Santos promove jantar solidário

Chef Vasco Coelho Santos promove jantar solidário

Depois de uma viagem de 12 dias por Moçambique, o chef Vasco Coelho Santos vai apresentar os sabores do Índico a cerca de 200 convidados num jantar organizado pela associação Health4MOZ.

De acordo com a nota de imprensa, o objetivo deste jantar “é a angariação de fundos que visam a conclusão da reconstrução do Hospital da Beira fortemente destruído pelo ciclone Idai e do Centro de Formação, o projeto da construção do Hospital Materno-Infantil de Nampula e a formação médica in situ”.

“Impressionado” com a realidade moçambicana, “pelas suas debilidades em saúde”, mas sobretudo pelo “acolhimento afetuoso das populações e comunhão de experiências, sabores, produtos, mercados e práticas”, o Chef trouxe novas abordagens gastronómicas que vai partilhar no próximo dia 22 de junho, no Casino de Espinho.

Citado no documento Vasco Coelho Santos afirma que através deste jantar vão lembrar a Beira “melhor maneira, numa viagem de degustação de cinco pratos com o sabor e o saber moçambicano. Vai ser uma experiência gastronómica que prometo memorável e em simultâneo vamos todos ajudar o trabalho da Health4MOZ no terreno”.

Na viagem realizada em Maio, o Chef pôde acompanhar o trabalho de campo realizado pela Health4MOZ e participou em encontros com população anónima, chefs locais e figuras de relevo da cultura moçambicana, como a escritora Paulina Chiziane (Prémio Camões 2021; Prémio José Craveirinha de Literatura, 2003).

Referir que a Health4MOZ (Health 4 Mozambican Children and Families) é uma associação sem fins lucrativos e tem como objetivo ensinar, transmitir conhecimento de excelência a alunos e profissionais de Moçambique.

O trabalho da Health4MOZ é totalmente voluntário e tem o apoio da Ordem dos Médicos e das Sociedades Científicas Portuguesas, da Direcção-geral da Saúde, do Camões IP, da Secretaria de Estado da Cooperação e da Embaixada de Portugal em Maputo.

Desde 2013 realizou 61 missões em Moçambique, ensinou mais de 3.500 alunos de medicina, dentária e enfermagem; capacitou mais de 10.000 médicos, enfermeiros, dentistas; apoiou mais de 3 dezenas de estágios de profissionais moçambicanos em instituições portuguesas e outros tantos de profissionais portugueses em Moçambique; apoiou projectos de investigação e congressos nacionais em Moçambique, na área da saúde.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes