Sabor do Mês setembro (peixaria) - PD

Saúde em tempos de pandemia

Saúde em tempos de pandemia

O velho ditado “mais vale prevenir do que remediar” nunca fez tanto sentido como agora, sobretudo no que diz respeito à nossa saúde. As realizações dos habituais exames médicos de rotina, o chamado check-up médico, nunca foram tão importantes. A pandemia não só trouxe consigo toda uma realidade desconhecida que nos obrigou a mudar a forma como vivemos e convivemos, como também mudou a forma como lidamos com a saúde.

Deixámos de vigiar e saber ouvir o nosso corpo e mente. Todo e qualquer sinal não era mais do que...

Ver Mais

Somos do Porto, carago!

Somos do Porto, carago!

“Mas que briol!”

É tempo dele, é certo, mas, mesmo assim, não nos cansamos de (ouvir) dizer “Está um briol!” e há, até, quem complemente a expressão com um pouco recomendável palavrão… O facto de a pronunciar frequentemente não aquece, mas dá algum conforto, dirão alguns.

Esta é uma palavra que não é património exclusivo dos portuenses (nem dos nortenhos), mas é, com toda a certeza, muito mais usada por quem é do Porto ou do Norte do que por...

Ver Mais

Bem-vinda Primavera, época das alergias!

Bem-vinda Primavera, época das alergias!

Curiosamente, as diferentes estações do ano podem provocar alterações no nosso organismo. O velho ditado “a primavera, o sangue altera”, poderá ter a ver com isto…

É frequente as pessoas se queixarem nesta altura do ano de “falta de energia”, cansaço, cefaleia, problemas de concentração, alterações do humor, do sono… a famosa “astenia primaveral”. Tudo isto parece ter relação com a adaptação à nova estação, aos dias maiores, com maior exposição solar, mudança de...

Ver Mais

A preocupante baixa natalidade em Portugal

A preocupante baixa natalidade em Portugal

No decurso da última década do século que findou, quando na qualidade de director do desactivado Hospital de Crianças Maria Pia no Porto, cujo imóvel querem agora transformar em hotel, eu me multiplicava em diligências para a sua substituição e modernização, já a sua muito prestigiada comunidade médica pediátrica debatia a progressiva e preocupante baixa de natalidade no nosso país.

Portugal era então um território marcadamente assimétrico, hemiplégico como lhe chamava com reconhecido humor e elegância o...

Ver Mais

As mudanças do mercado de arrendamento durante a pandemia e as suas consequências

As mudanças do mercado de arrendamento durante a pandemia e as suas consequências

Vários cenários estavam a ser antecipados para o comportamento do mercado imobiliário, nos períodos críticos da pandemia e nos meses decorrentes. O cenário mais esperado era de que o decréscimo da procura de alojamento turístico iria forçar o sector do alojamento local a uma disponibilização desses imóveis ao mercado de arrendamento privado, aumentando a oferta de arrendamento de longo-prazo. Esta situação não se verificou e, hoje, a procura de habitação em regime de arrendamento, continua nos níveis pré-pandemia e o...

Ver Mais

“Cada segundo conta” na prevenção do enfarte agudo do miocárdio

“Cada segundo conta” na prevenção do enfarte agudo do miocárdio

As doenças cardiovasculares (cardio – coração; vasculares – vasos sanguíneos) afetam o sistema circulatório, ou seja, o coração e os vasos sanguíneos – compostos por artérias, veias e vasos capilares. São uma das principais causas de morte e incapacidade no nosso país, sendo que todos os anos mais de 12.000 portugueses sofrem um enfarte agudo do miocárdio.

Esta emergência médica ocorre quando uma das artérias do coração fica obstruída o que faz com que uma parte do músculo cardíaco fique em...

Ver Mais

Intolerâncias alimentares e novos estilos de vida

Intolerâncias alimentares e novos estilos de vida

A intolerância alimentar pode provocar diversos sintomas que afetam a nossa qualidade de vida. Trata-se de uma reação anormal a determinados alimentos, mais difícil de detetar que a alergia alimentar, uma vez que não é momentânea e ocorre entre 8 a 72 horas após a ingestão do alimento. Na maioria dos casos, esta situação leva a que a pessoa não consiga associar os sintomas à ingestão de um alimento em concreto.

A eliminação dos alimentos aos quais o indivíduo apresenta hipersensibilidade proporciona uma melhoria...

Ver Mais

Simplificação dos procedimentos de contratação pública e políticas antifraude: podemos defender os dois?

Simplificação dos procedimentos de contratação pública e políticas antifraude: podemos defender os dois?

Vivemos tempos algo dúbios no que diz respeito à definição de políticas públicas em torno da contratação pública. Se, por um lado, temos assistido, ao longo da última década, a uma (alegada) crescente preocupação em torno do combate a fenómenos como a corrupção ou a fraude nos procedimentos adjudicatórios públicos, a verdade é que, por outro, a evolução legislativa nesta matéria deixa traços cincados…

Com as mais recentes alterações promovidas pela Lei n.º 30/2021, de 21 de maio, introduziu o...

Ver Mais

Os Dias da Maria…

Os Dias da Maria…

São os Meus Dias, os Teus Dias, os Nossos Dias, os Dias dos Nossos Novos Tempos.

Desde criança que gosto de escrever. Primeiro no diário, depois no Jornal da escola e mais tarde na Imprensa e na Televisão.

2020, ano capicua, trouxe-nos a pandemia e a mim devolveu-me a escrita e o encontro com as letras.

“Os Dias da Maria” que agora vos apresento é, em poucas palavras, um livro de emoções, de sentimentos, de paixões e de viagens! Trata-se de um conjunto de textos soltos, crónicas, mas também...

Ver Mais

A importância da comunicação em tempo de pandemia

A importância da comunicação em tempo de pandemia

Com origem no latim communicatio, a Comunicação é uma das peças mais importantes para o crescimento e desenvolvimento de uma Sociedade. É assim nas relações humanas, nas relações entre as espécies animais, mas também nas ligações entre empresas. Não é por mero acaso que, nas empresas cotadas em bolsa, existe um conjunto de operações que, no imediato, têm de ser divulgadas (comunicadas) aos investidores e aos mercados. Uma informação rápida e clara é fulcral para garantir a serenidade dos...

Ver Mais

Covid-19: Vamos recuperar dos últimos dois anos

Covid-19: Vamos recuperar dos últimos dois anos

Tradicionalmente esta época leva-nos a refletir sobre o ano que agora termina e a traçar objetivos para o ano que se inicia. Quando nós, internistas, olhamos para trás não devemos ver apenas os últimos 12 meses, mas os últimos setenta anos, ao longo dos quais, em torno da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, nos juntamos para promover uma melhoria contínua dos cuidados de saúde.

A capacidade de adaptação e resiliência da Medicina Interna precede os recentes acontecimentos mundiais. Foi sem surpresa que...

Ver Mais