PD - revista Sabe Bem

"Festa musical" em Gaia

À conversa com a Viva, o vereador da Cultura da Câmara de Gaia, Mário Dorminsky, explicou que a aposta na música nacional faz parte de um “trabalho de continuidade” feito, nos últimos anos, pela autarquia. “Este ano, a principal diferença reside no número de eventos que é superior ao habitual, não porque tenhamos um orçamento maior, mas porque conseguimos, tendo em conta as dificuldades no meio da música portuguesa, criar parcerias que permitem, a custos baixos, aceder a projetos musicais de qualidade”,...

Ver Mais

“Tripas à Moda do Porto”

“Tripas à Moda do Porto”

Mas se o prato, que junta dobrada de vitela (sola e folhada), chispe de porco, feijão, salpicão, presunto e outras iguarias que o chefe decida adicionar, conquista alguns apenas pelo estômago, acaba por merecer o respeito de todos no momento em que percebem a importância histórica que lhe é atribuída.

Prato que descreve a forma de ser de um povo

Da boca dos mais velhos – que melhor conhecem os segredos deste prato típico – ouve-se, muitas vezes, que as “Tripas à Moda do Porto” são a...

Ver Mais

Festival Manta 2011

Festival Manta 2011

“O que pretendemos é criar um corredor cultural na cidade, com diferentes espaços, onde as pessoas podem apreciar um concerto, ao fim da tarde, de forma relaxada e, depois, à noite, assistir a algo mais forte, no CCVF”, revelou à Viva o assistente de programação do centro, Rui Torrinha. Assim, nos fins de semana de 15 e 16, 22 e 23, são várias as propostas nacionais e internacionais à disposição do público, de forma gratuita. Às 19h30, a Praça de Santiago, na zona histórica, vai acolher atuações e sessões de clubbing...

Ver Mais

Turma do Bem

Turma do Bem

Em todo o mundo, a Turma do Bem já conseguiu juntar quase dez mil dentistas e atender mais de 18 mil crianças, de forma gratuita. “Em Portugal, 230 dentistas já aderiram ao projeto e são já mais de 350 os jovens atendidos”, contou, à Viva, a coordenadora internacional da organização, Camila Carnicelli.

Apesar de ter chegado ao nosso país há apenas um ano, a Turma do Bem “superou todas as metas e expetativas”. Ainda assim, a responsável admite que ainda há “um longo caminho a percorrer”, tendo em conta...

Ver Mais

“Mar, Movimento e Cultura” dão corpo a estratégia de Matosinhos

“Mar, Movimento e Cultura” dão corpo a estratégia de Matosinhos

“Se eu disser que a estratégia de Matosinhos é M2C, quem não estava a prestar atenção agora está curiosíssimo para saber o que quer dizer. Eu traduzo: significa ‘Mar, Movimento e Cultura’”, explicou Guilherme Pinto, na apresentação do livro “Blogue do Clube dos Pensadores”, realizada no Tryp Porto Expo, em Matosinhos.

O presidente da autarquia foi um dos convidados para mais um debate do clube fundado por Joaquim Jorge, autor da obra apresentada. Durante cerca de vinte minutos, Guilherme Pinto destacou a...

Ver Mais

Porto, capital do cartoon

Porto, capital do cartoon

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional do concurso a atribuir ainda 19 menções honrosas a artistas de diferentes países, entre os quais Bélgica, Brasil, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irão, México, Polónia, Portugal, Roménia, Rússia e Turquia.

O tema deste ano – Comunicação e Tecnologias – permitiu a mais larga participação de sempre, com mais de 2.200 trabalhos, de 620 artistas, oriundos de 80 países. Neste concurso, o Irão superou todos os outros países, em trabalhos e...

Ver Mais

S. João no Porto

S. João no Porto

“Ver o sol nascer, apanhar as orvalhadas e saltar às fogueiras”

As verdadeiras origens da festa estão intimamente ligadas ao culto do sol, da natureza, do fogo e da fecundidade. Segundo Hélder Pacheco, as referências às festas de S. João começaram a sentir-se nitidamente no século XIX. “A cidade era, então, mais pequena”, recorda, explicando que, na altura, o S. João consistia em três festas: uma no Bonfim, uma na Lapa e outra em Cedofeita.
Ainda assim, rapidamente se...

Ver Mais

Companhia Nacional de Bailado

Companhia Nacional de Bailado

 

Nove “viagens” unidas pela música de Bernardo Sassetti

“A peça surgiu de uma ideia que a diretora artística da CNB teve para homenagear o Dia Mundial da Dança”, contou, à Viva, Olga Roriz. “Convidou nove coreógrafos para fazerem pequenas peças de, mais ou menos, cinco minutos cada, unidas unicamente pela música de Bernardo Sassetti”, acrescentou. O conhecido compositor e pianista português ocupa, assim, o palco de forma permanente, à medida que os bailarinos...

Ver Mais

Viva! no Instagram. Siga-nos.