Campanha Aquastop - CIN

Caretos de Podence são Património da Humanidade

Caretos de Podence são  Património da Humanidade

As “Festividades de Inverno: Carnaval de Podence” já fazem parte da Lista de Representantes do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. A decisão foi anunciada na 14.ª Reunião do Comité Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, que decorre em Bogotá (Colômbia), e “enche de orgulho o Município de Macedo de Cavaleiros e todo o país”, assegura o presidente da Câmara Municipal, Benjamim Rodrigues.

Os tradicionais mascarados do Entrudo Chocalheiro da aldeia do concelho transmontano de Macedo de Cavaleiros passam a estar integrados numa lista mundial onde Portugal já tem o Fado, o Cante Alentejano, a Dieta Mediterrânica, a Falcoaria e os chamados “Bonecos de Estremoz”.

Apontado como “o mais genuíno carnaval português”, os Caretos de Podence caracterizam-se pelos seus fatos coloridos e chocalhos estridentes, e são agora “um património de Macedo de Cavaleiros para o Mundo”.

“É o ponto alto de uma caminhada iniciada em 2014 sob a excelente batuta da Patrícia Cordeiro, que coordenou todo o processo, em conjunto com António Carneiro”, salienta Benjamim Rodrigues, citado no comunicado enviado à VIVA!.

“O apoio do Município a esta candidatura foi total, mas o mérito de todo o trabalho é de quem não deixou morrer uma tradição secular em Podence e de quem compilou todas as informações necessárias para entregar uma candidatura que a própria UNESCO veio a classificar como exemplar”, acrescenta.

Benjamim Rodrigues considera que “a inscrição na Lista de Representantes do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO é o início de uma responsabilidade maior que teremos de assumir a partir de hoje. Com a classificação do Entrudo Chocalheiro como Património da Humanidade tudo devemos fazer para preservar e fortalecer uma tradição única no nosso território, mantendo aquela que é a essência das festividades de Inverno”.

O autarca adianta que “há vários projetos em mente e a própria Associação dos Caretos de Podence já desafiou o arquiteto Souto Moura para a elaboração de um projeto de arranjo urbanístico da rua onde tudo acontece e do largo da Queima do Entrudo, bem como de um Museu do Careto”.

Em Podence existe já a Casa do Careto, sede da associação responsável pela dinamização do Entrudo Chocalheiro, mas o presidente do Câmara de Macedo de Cavaleiros considera que “uma tradição que é património da UNESCO merece algo mais”.

Segundo avança a nota, “o arquiteto vencedor de um Prémio Pritzker já está a analisar a proposta” e Benjamim Rodrigues assegura que “o município está disponível para ser parceiro nesta ação e para encontrar uma solução para os terrenos necessários para a implementação da infraestrutura”.


“Não deixamos de ter os olhos postos no futuro, que vamos preparar de forma estruturada e com serenidade. Mas o momento agora é de festa e de celebração”, assegura Benjamim Rodrigues, avançando que a autarquia vai preparar uma receção aos Caretos de Podence nos Paços do Concelho no domingo, dia 15 de dezembro, data em que a comitiva, da qual faz parte o autarca, regressa a Portugal.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=092022-carnepicadaangus&utm_campaign=sabordomes