Santander Escolhas 1

Câmaras têm 15 dias para revelar dívidas às finanças

Câmaras têm 15 dias para revelar dívidas às finanças

Deste modo, os valores em dívida a curto e a médio e longo prazo terão de ser enviados para a Inspeção-Geral de Finanças, segundo avança esta terça-feira o Diário de Notícias e o Jornal de Negócios.
O Governo pretende, assim, certificar-se se os montantes em dívida atualmente registados pelas entidades ligadas às Finanças correspondem à realidade. Simultaneamente, trata-se de uma forma de os autarcas se responsabilizarem pelos montantes declarados.
Ao todo, as autarquias devem um total de 7,9 mil milhões de euros, dos quais 2,5 mil milhões são dívidas de curto prazo (até um ano, geralmente a fornecedores). Só depois da resposta das câmaras é que estas terão acesso à nova linha de financiamento, no valor de 1,5 mil milhões de euros.
PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=pli