CIN - Branco Perfeito

Câmara do Porto lança programa “Desporto no Bairro”

Câmara do Porto lança programa “Desporto no Bairro”

Dar a conhecer e despertar o interesse dos mais jovens pelo breaking são os objetivos do programa municipal que vai chegar a oito bairros da cidade do Porto – Aldoar, Fonte da Moura, Viso, Ramalde, Pasteleira, Pinheiro Torres, Lagarteiro e Cerco.

“Desporto no Bairro”. Assim se intitula o programa que visa a promoção do desporto enquanto fator de inclusão e que pretende dar a conhecer e atrair jovens de oito bairros da cidade do Porto para a modalidade do breaking, modalidade que se estreia no programa olímpico em 2024.

Promovido pela Câmara do Porto, através da empresa municipal Ágora – Cultura e Desporto do Porto, o projeto será dinamizado no terreno por alguns dos campeões mundiais que integram os b-boys dos portuenses Momentum Crew, o primeiro grupo profissional de dança urbana em Portugal.

Segundo explica o portal da Câmara do Porto, o programa “Desporto no Bairro” – um investimento de cerca de 66 mil euros – vai decorrer até dezembro e inclui, para além da formação e dos treinos (bissemanais) nos próprios bairros, a participação em vários workshops, eventos de dança e pequenas exibições na cidade.

Os resultados do “Desporto no Bairro” serão apresentados num espetáculo, em data e local a anunciar, que juntará em palco o grupo internacional ILL Abilities (constituído exclusivamente por bailarinos com mobilidade reduzida), os Momentum Crew e os jovens finalistas nesta primeira edição do programa “Desporto no Bairro”.

O programa foi oficialmente lançado esta quarta-feira, com uma apresentação realizada no Parque da Pasteleira, um “espaço fantástico da nossa cidade”, destacou o presidente Rui Moreira, assinalando o facto de ter sido no Bairro da Pasteleira que se realizou a última residência do OUPA!. “E é precisamente aqui à Pasteleira que voltamos, para reforçar este nosso compromisso de fazer cidade com toda a cidade, ainda que, agora, com uma nova fórmula de atuação, através do desporto e inspirados por esta dança tão contagiante e energética que é o breaking – cuja génese está nos próprios bairros”, disse o autarca, citado pelo Porto..

“Estamos empenhados na reabilitação física dos blocos habitacionais, e também dos seus parques e jardins, com a realização de mais projetos de intervenção social e mais ações e eventos no espaço público do bairro. No fundo, trazendo nova vida – novas vivências – aos bairros da cidade”, assinalou  Rui Moreira.

“Tal como a música, o teatro, o cinema, a arte urbana ou até mesmo o skate – basta atentar no sucesso do projeto que temos a funcionar no Parque Desportivo de Ramalde -, também o breaking pode e deve servir como uma poderosa ferramenta de inclusão, educação e realização pessoal”, acrescentou. 

Para Rui Moreira, “a cultura, como o desporto, são duas áreas cruciais para potenciarmos o talento e a criatividade dos nossos jovens, reforçando a sua autoestima e, ao mesmo tempo, o seu sentimento de pertença ao bairro”.

Max Oliveira, diretor do MXM ArtCenter e fundador dos Momentum Crew, será o coordenador do “Desporto no Bairro”. “Levar o breaking a comunidades desfavorecidas e entrar no bairro de forma orgânica. Não somos professores, aparecemos para uma jam session e convidamos quem quiser a vir divertir-se connosco”, explicou.

De acordo com o coreógrafo, o breaking “é uma modalidade extremamente física, que transmite uma série de caraterísticas positivas: coordenação motora, flexibilidade, força. Isso é muito bom, porque hoje em dia os jovens ficam muito agarrados à tecnologia. O breaking traz-lhes aquilo que no meu tempo era jogar à bola e comer pão com manteiga, traz-lhes isto de brincar no chão”.

Max Oliveira sente-se muito orgulhoso por desenvolver este projeto na sua cidade: “Para mim significa mais fazer este projeto na cidade do Porto do que fazer um projeto grande nos Estados Unidos, como fizemos no ano passado em Nova Iorque. Eu visto a camisola Porto, eu sou Porto, e poder fazer um projeto desta dimensão na cidade do Porto é uma das etapas mais importantes da minha vida”.

Também Catarina Araújo, vereadora da Juventude e Desporto e presidente do conselho de administração da Ágora, salientou que “este é um projeto muito importante para nós, no qual temos vindo a trabalhar. Hoje é um dia muito feliz por estarmos a apresentá-lo. Queremos, através do desporto, desenvolver e trabalhar competências pessoais, sociais e mesmo profissionais. Trabalhar com estes jovens, inspirá-los, e através de uma modalidade desportiva, trabalhar regras, comprometimentos, atitudes, valores que fazem parte da sua formação enquanto indivíduo”, realçou.

“Por força das circunstâncias de saúde pública, o objetivo é envolver cerca de 200 jovens nesta primeira fase, subdivididos em vários grupos, para que possamos cumprir com as indicações sanitárias. Mas a meta é desenvolver o trabalho, continuar o programa e, progressivamente, alargá-lo e cada vez sermos mais e levarmos este desafio a muitos dos jovens da nossa cidade”, acrescentou a vereadora.

Foto: Filipa Brito | CM Porto

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes