CIN - VinylMatt

BPI e Fundação ”la Caixa” oferecem 1000 computadores a escolas de todo o país

BPI e Fundação ”la Caixa” oferecem 1000 computadores a escolas de todo o país

O BPI e a Fundação ”la Caixa” vão doar um total de mil computadores a várias escolas do país. Trata-se de uma doação de “equipamentos informáticos completos”, que inclui “todos os acessórios e licenças de utilização” e que pretende “apoiar o ensino digital e à distância de jovens e crianças em situação socialmente vulnerável” em várias regiões portuguesas, contribuindo, assim, para o esforço nacional de universalização da escola digital.  

Num comunicado enviado às redações, o banco revelou que os equipamentos vão ser entregues ainda esta semana a mais de uma centena de escolas.  

A iniciativa envolve parcerias com o Ministério da Educação, que recebeu 450 equipamentos, destinados a um projeto piloto para introdução de manuais  digitais em nove escolas, com a Câmara Municipal do Porto (que recebe 150 equipamentos) e com a Teach for Portugal, uma organização privada sem fins lucrativos com sede no Porto, integrada na rede internacional Teach For All (que receberá 200 computadores). 

Além disso, de acordo com o BPI, foi também estabelecida uma parceria com Empresários para a Inclusão Social (EPIS), a quem vão ser doados 150 equipamentos, e com o Banco de Bens Doados da ENTRAJUDA, que receberá 50. 

Estes parceiros coordenarão a entrega e distribuição dos equipamentos a escolas e alunos do ensino básico e secundário, situadas, sobretudo, em zonas desfavorecidas. 

“Com esta doação pretendemos contribuir para que muitos jovens possam continuar a receber a formação adequada e a agarrar as oportunidades para romper o ciclo da desigualdade e da pobreza”, assinalou, citado no comunicado, João Pedro Oliveira e Costa, presidente executivo do BPI, recordando que a promoção do acesso à educação é um dos pilares dos programas sociais do BPI, que “agora são mais necessários que nunca”. 

Os computadores em causa serão entregues com todas as licenças e software de segurança e produtividade, monitores com câmara, “ratos”, teclados e wi-fi, sublinha o BPI, adiantando que estes foram preparados pelo Banco de Bens Doados da ENTRAJUDA. 

“A falta de equipamentos apropriados para as aulas à distância afeta diretamente o desempenho dos alunos em situação mais vulnerável. Encontrar formas de reduzir estes impactos para que o acesso à educação seja mais igualitário é um dos maiores compromissos da Fundação ”la Caixa”, afirmou, a propósito desta iniciativa, Artur Santos Silva, curador da Fundação ”la Caixa” e presidente honorário do BPI.  

Recorde-se que o BPI e a Fundação ”la Caixa” têm dinamizado diversas iniciativas, com o objetivo de apoiar as famílias mais afetadas pela pandemia de covid-19, nomeadamente através da doação de 500 mil euros para a campanha “Emergência Alimentar” para a distribuição de produtos alimentares básicos ou refeições confecionadas a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).  Além disso, distribuiu ainda mais de 520 tablets a instituições de saúde e equipas de cuidados paliativos para facilitar a comunicação com doentes internados e investiu 250 mil euros no projeto de produção de um ventilador português, que resultou na oferta de 25 ventiladores a hospitais portugueses.    

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes