CIN

Bebé a caminho? Prepare suas finanças com estas dicas

Bebé a caminho? Prepare suas finanças com estas dicas

A chegada de um novo integrante é um dos momentos mais especiais na vida das famílias. A partir do nascimento, nada voltará a ser igual que antes, especialmente quando se trata do primeiro filho.

Para os futuros papais e mamães, é um período de expectativa, alegria e muito amor. No entanto, além destes sentimentos incríveis, a chegada de um bebê traz uma grande mudança na economia familiar. Diante desta situação, criar um planejamento financeiro eficiente se torna indispensável.

Se você está na doce espera e quer contar com o dinheiro suficiente para sustentar seu filho sem necessidade de tentar a sorte na Bwin, confira estas recomendações que ajudam a organizar seu orçamento.

5 dicas financeiras para a chegada de um bebê

Um novo membro da família vai chegar? Não sabe como organizar sua economia e se preparar financeiramente para esse momento? Acompanhe estes conselhos.

Analise sua situação econômica atual

Um planejamento eficiente começa com um diagnóstico prévio. Anote seus ganhos mensais e assim como também seus gastos fixos e variáveis.

Faça uma análise do orçamento familiar para compreender como funciona sua economia, como se distribuem as despesas e quais são imprescindíveis.

Estes dados ajudam a entender quanto dinheiro sobra ou quanto falta e quais gastos podem ser deixados de lado com o objetivo de economizar.

Estime quais serão os novos gastos

Já tem um diagnóstico da sua situação financeira? Chegou a hora de fazer uma estimativa dos gastos que trará o novo integrante da família.

Embora algumas sejam variáveis, as despesas habituais dos bebês são fraldas, leite de fórmula, roupas, lençóis, cremes e pomadas contra assaduras, lenços umedecidos, algodão, óleo calcário, alimentos, visitas ao médico e, eventualmente, remédios.

Confira os preços aproximados destes itens para ter uma ideia das despesas que terá a partir do nascimento.

Crie uma reserva para emergências

Ter um fundo de emergências é importante em qualquer momento da vida, mas quando um bebê está chegando, contar com dinheiro para imprevistos é fundamental.

Se puder, guarde um 10% de sua renda mensal e deixe-o de lado como uma reserva para emergências. Comece a separar o dinheiro o mais cedo possível para ter uma quantidade considerável quando chegar o nascimento.

Elimine gastos supérfluos

Mudar os hábitos econômicos nem sempre é fácil. Para evitar que o câmbio seja brusco, comece a cortar despesas desnecessárias durante a gravidez.

Como pode fazer isso? Diminua as saídas ao cinema e os jantares fora de casa, compre marcas mais econômicas e pesquise por promoções e preços mais baratos nos produtos de consumo habitual.

Desta forma, quando o bebê chegar, o impacto será menor, pois sua família já estará acostumada ao novo esquema financeiro.

Organize um chá de fraldas ou de bebê

Além de reunir os amigos e familiares para festejar a chegada do bebê, estes eventos são oportunidades incríveis para diminuir as despesas que trará o novo integrante.

O chá de fraldas ajuda a criar um grande estoque de um dos produtos que mais utilizam as crianças e que, embora não pareça, representa um dos maiores gastos nos primeiros anos de vida.

Se souber o sexo da criança por vir, o chá de bebê é uma ótima ocasião para ganhar mamadeiras, lenções, roupinhas, chupetas, banheira e penico de presentes. 

Artigo Patrocinado

Viva! no Instagram. Siga-nos.