CIN - Branco Perfeito

“Bairro Académico” do Porto abre em 2021

A primeira cooperativa de habitação estudantil no Porto vai abrir em 2021, com cerca de mil camas. O preço deverá rondar os 250 euros por mês, revelou a Santa Casa da Misericórdia do Porto (SCMP).

A Misericórdia do Porto assinou, esta quinta-feira, dia 28 de março, um protocolo de cooperação com a FAP – Federação Académica do Porto com o objetivo de aumentar a resposta de alojamento universitário, aos estudantes que escolhem o Porto e as suas Universidades para estudar.

António Tavares, provedor da SCMP, avançou à agência Lusa que o prazo de construção do Bairro Académico, projeto pioneiro de inovação social destinado a estudantes do ensino superior, seja “no máximo de dois anos” e que o valor a pagar pelos quartos estudantis seja “amigo” dos alunos, a rondar os 250 euros/mês.

“Um preço que nós gostaríamos que não andasse muito longe dos 250 euros, que nos parece um preço competitivo. A nossa preocupação é também corrigir o mercado naquilo que o mercado tem de especulativo, que é normal, mas a nossa função é social, porque isto é um projeto de inovação social”, disse António Tavares, acrescentando que o projeto prevê também serviços como a “lavagem de roupas” e uma “praça da alimentação”.

António Tavares assumiu que o projeto de residências universitárias que vai nascer nas instalações da Universidade Lusíada, junto à Avenida Fernão Magalhães e “próximo da Asprela” e do “Metro”, vai ser uma realidade no “ano letivo de 2021-2022”..

O “Bairro Académico” prevê a disponibilização de cerca de mil novas camas na cidade.

“Acho que é sempre possível colocarmos ali [mais de mil camas], porque os espaços são grandes”, disse o provedor da SCMP.

A cerimónia de assinatura do protocolo de cooperação entre a Santa Casa da Misericórdia do Porto e a Federação Académica do Porto contou também com a presença do presidente da Câmara do Porto.

Na sessão, Rui Moreira garantiu que os projetos para as residências estudantis no antigo quartel de Monte Pedral, já devolvido pelo Estado à autarquia, e no Morro da Sé são para concretizar.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes