Sabor do mês PD - peixe

Amarante recebe I Festival de Percussão

Amarante recebe I Festival de Percussão

De 27 a 29 de novembro, Amarante recebe o I Festival de Percussão, um evento que, de acordo com Tiago Ferreira, diretor artístico, pretende “fazer pontes entre a cultura musical brasileira e a portuguesa”, mas, essencialmente, entre “alunos, professores e todos os amantes da percussão”, que resume como “um novo mundo dentro do vasto mundo da música”.

Organizado pelo Centro Cultural de Amarante Maria Amélia Laranjeira, o evento pretende “trazer até à princesa do Tâmega alunos de Escolas de Música de todo o país”, lê-se no comunicado enviado à VIVA!. Para tal apresenta um cartaz muito diversificiado e com artistas do outro lado do Atlântico, como é o caso de Leandro Lui, percussionista orquestral, clássico, erudito e baterista, que lançou um conjunto de três livros e irá apresentá-los no Festival. Além disso, haverá ainda espaço para a estreia internacional de obras, como é o caso do concerto com “Pocket Duo + Hélvio Mendes”, logo no dia de que inicia o evento, 27 de novembro.

No total, serão três dias dedicados à percussão, promovendo “a partilha de conhecimento através de profissionais do ramo da percussão e, ainda, a troca de experiências entre alunos de diferentes Escolas de Música do país”, através de workshops, oficinas, apresentações e concertos. A Academia de Música de Cantanhede e a Academia de Música de Vilar de Paraíso estarão em destaque num encontro onde haverá ainda oportunidade para explorar o “Atelier Musical de Loop Station” com o Laboratório de Investigação da Universidade de Aveiro.

As inscrições para as masterclasses, inseridas no Festival de Percussão de Amarante, decorrem até dia 26 de novembro. A participação em cada dia do Festival tem o custo de 10 euros e inclui a masterclasse e o concerto, os três dias ficam a 20 euros e a presença em cada concerto a dois euros.

Recorde-se que o CCA promove há cinco anos consecutivos o Festival Internacional de Guitarra de Amarante e por isso, a aposta agora passa pela “diversificação, mostrando aos alunos diferentes escolhas e diferentes realidades musicais”, menciona Taí Laranjeira, diretor executivo.

Programa
27 de novembro
14h00-15h00 – Apresentação do Livro “Dialetos, dez duetos para duo de baterias sobre o Imaginário Rítmico Brasileiro” com Leandro Lui
15h30-16h00 – Apresentação do Ensemble de Percussão da Academia de Música de Cantanhede
16h30-19h00 – Masterclasse de Percussão Orquestral / Bateria com Leandro Lui (Percussionista da Orquestra Sinfónica de Santo André)
21h30-22h30 – Concerto com “Pocket Duo + Hélvio Mendes”
Fagote: José Martinho; Percussão: Tiago Ferreira e Hélvio Mendes

28 de novembro
14h00-15h30 – Masterclasse de “Xilofone” com Hélvio Mendes (Doutorando em Música pela Universidade de Aveiro)
16h00-19h00 – Masterclasse “A Bateria da Escola de Samba” com Rafael y Castro (Prof. Percussão do Projeto Guri; Doutorando na Universidade Estadual Paulista – UNESP)
21h30-22h30 – Concerto com “Atlantic Percussion Group”
Percussão: José Afonso e Tomás Rosa

29 de novembro
14h00-18h00 – “Atelier Musical de Loop Station” com o Laboratório de Investigação da Universidade de Aveiro (aberto a todos instrumentos)
18h30-19h00 Apresentação do “Atelier Musical de Loop Station” – Universidade de Aveiro – INET
21h30-22h30 – Concerto com “Grupo de Percussão da Academia de Música de Vilar de Paraíso”

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes