PUB
Junta da Galiza

Alfândega acolhe gala solidária para resgatar sorrisos

Alfândega acolhe gala solidária para resgatar sorrisos
Ana Sofia Martins, Mariza e Ricardo Araújo Pereira são alguns dos nomes que marcarão presença na iniciativa solidária, organizada pela Associação Filhos do Coração e agendada para o dia 28 de maio, pelas 19h30, na Alfândega do Porto.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Apresentada por Ana Sofia Martins e Ricardo Araújo Pereira, a Gala Resgate Sorrisos será composta por um cocktail de boas-vindas com performance ao vivo do artista plástico Diogo Navarro, uma exposição de obras de arte  realizadas no Gana, um jantar de gala, um leilão de arte solidário e um espetáculo musical a cargo de Mariza.
Criada em 2009 pela jornalista Alexandra Borges, a Associação Filhos do Coração tem como missão a denúncia da escravatura infantil no Gana e da exploração de crianças no mundo.
A angariação de fundos, que visa garantir a educação das 93 crianças já resgatadas, será levada a cabo de três formas: através da compra de mesas para participar na Gala, que pode ser feita a título individual (mil euros por mesa com 10 lugares, ou 100 euros por lugar) ou a título empresarial (dois mil euros por mesa com 10 lugares, ou 200 euros por lugar), doações e participação no Leilão de Arte Solidário. Cada mesa terá o nome de uma criança resgatada e a sua história, gostos e sonhos, ficando, desta forma, todos os participantes a conhecer quem estão a ajudar.
A reportagem sobre as crianças escravas do Lago Volta, no Gana, realizada pela jornalista Alexandra Borges em 2007, foi premiada no 48º International TV Festival of Monaco e distinguida pela Fundacion Nuevo Periodismo, de Gabriel Garcia Marques. Nos dois anos seguintes, a jornalista criou projetos como o livro infantil “Filhos do Coração”, sobre adoção e escrito em parceria com Luís Figo, e o CD “Filhos do Coração”, que contou com a participação de várias figuras públicas portuguesas.
A associação já resgatou 93 crianças da escravatura infantil associada à pesca do Lago Volta assegurando-lhes saúde, alimentação, segurança e educação.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem