PD - revista Sabe Bem

6 jogos que vão ajudar a melhorar a sua memória

6 jogos que vão ajudar a melhorar a sua memória

Melhorar a memória a longo prazo e de trabalho pode ter um grande impacto tanto na vida quotidiana como na profissional. Alguns dos principais benefícios incluem melhor desempenho, uma vez que se retém e se aprende melhor novas informações; melhor organização e capacidade de lembrar onde as coisas estão; e melhor tomada de decisões.

Os jogos de memória são um método divertido de contrariar a perda de memória e estimular a parte cognitiva do cérebro. Tal como o nosso corpo, o cérebro também precisa de uma utilização regular para se manter saudável e afiado. E a boa notícia é que estudos mostram que apenas 15 minutos por dia de treino do cérebro já ajudam a melhorar as funções cerebrais. 

Pensando nisso, aqui estão seis jogos que prometem melhorar a sua memória, ao mesmo tempo que se diverte. 

Palavras cruzadas

As palavras cruzadas são um dos jogos mais clássicos para o treino do cérebro. Elas não só ajudam a estimular as suas capacidades de vocabulário como também a reativar conhecimentos de história, ciência e cultura popular.

Quando transformadas em um hábito regular, as palavras cruzadas são um excelente exercício cognitivo para manter o cérebro ativo, por isso vale tentar completar ao menos uma por dia. Para tirar ainda mais proveito desse jogo, concentre-se em palavras cruzadas que sejam desafiantes.

Poker

O poker é um desporto da mente que envolve o processamento de uma variedade de informações e, portanto, requer uma memória aguçada. Durante uma partida, é preciso prestar muita atenção e recordar tudo o que acontece na mesa, bem como fazer anotações mentais detalhadas sobre as ações dos outros jogadores.

Os jogadores de poker mais bem sucedidos são capazes de gerir várias informações na sua memória de trabalho em simultâneo: seus diferentes rankings de mãos, as possíveis cartas que os outros jogadores estão a segurar, o comportamento dos seus adversários (tanto verbal como não verbal), e as probabilidades de ganhar ou perder em cada rodada.

Xadrez

O xadrez foi concebido para ser um jogo mentalmente intensivo e intelectualmente exigente. A cada uma das jogadas, ele requer a utilização da memória a curto prazo para se analisar o tabuleiro como um todo e, em seguida, criar uma estratégia.

Além disso, é preciso antecipar as jogadas do adversário e certificar-se de que cada jogada funciona de forma a alcançar o objetivo final – uma ação que ativa sua memória a longo prazo. Ou seja, o xadrez exercita ambos os lados do seu cérebro alternadamente.

Quebra-cabeças

Similarmente, os quebra-cabeças são jogos eficazes para treino do cérebro porque trabalham o lado esquerdo e direito do cérebro de uma só vez. Eles também reforçam as ligações entre as células cerebrais, o que melhora a velocidade mental e a memória a curto prazo, assim como estimulam o raciocínio visual-espacial, uma vez que é necessário olhar para as peças individuais e identificar onde elas se encaixam no quadro geral.

Sudoku

Sudoku não só treina a memória como também exercita outras partes do cérebro. Para completar este jogo com sucesso, é preciso memorizar toda uma gama de números enquanto os coloca em um dos nove espaços da grade. Depende muito da memória de trabalho para memorizar os números e utiliza o pensamento lógico para analisar o próximo espaço em branco.

Visto que o Sudoku requer que seus jogadores pensem estrategicamente e usem o pensamento criativo para resolver os desafios, pode ajudar a aumentar tanto a concentração como a capacidade de resolução de problemas. Desse modo, os jogadores aprendem a tomar decisões mais rapidamente e a agir com menos hesitação.

Memória

Como o nome já indica, este é um jogo excelente para melhorar sua memória e sua concentração. Nele, coloca-se qualquer número de cartas viradas para baixo e depois vira-se duas de cada vez, tentando combinar conjuntos.

Para aumentar a dificuldade do jogo e desafiar mais o seu cérebro, opte pela versão “spaghetti”, em que as cartas não são dispostas em fileiras, e sim espalhadas aleatoriamente pela mesa. A disposição menos ordenada tornará mais difícil lembrar onde estão as cartas.

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.