Philips

40 anos de Biblioteca Sonora no Porto

40 anos de Biblioteca Sonora no Porto

No mesmo dia, pelas 18h00, será inaugurada uma exposição documental dedicada aos 40 anos de funcionamento da Biblioteca Sonora e que poderá ser visitada no Claustro da BPMP até 30 de abril. Este serviço tem proporcionado a várias gerações de cegos e amblíopes o acesso a livros gravados, alguns dos quais já disponibilizados em linha no catálogo coletivo das bibliotecas municipais do Porto. A Biblioteca Sonora foi oficialmente inaugurada a 16 de março de 1972, inspirada na experiência da Students Tape Library do Royal National Institute for the Blind (Reino Unido). Pioneira no país, teve e continua a ter por missão proporcionar gratuitamente aos cidadãos portadores de deficiência visual (cegos e amblíopes) uma alternativa preferencial – leitura gravada nas suas componentes de produção e distribuição – relativamente aos documentos originais existentes em suporte gráfico. Serviço público de manifesto alcance e utilidade social e contribuindo expressivamente para a formação e inclusão do seu público-alvo, a locução das obras gravadas na Biblioteca Sonora é integralmente assegurada em regime de voluntariado. Presentemente, o fundo de fonogramas ascende a cerca de seis mil títulos, correspondendo a mais de 60 mil horas de som, que abrangem praticamente todas as grandes áreas do conhecimento humano, géneros literários e temáticas com interesse para as diversas faixas etárias.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_campaign=encomendasta&utm_term=banner&utm_content=050121-encomendaschef2021

Viva! no Instagram. Siga-nos.