Philips

2 mil militares da GNR na estrada até quarta-feira

2 mil militares da GNR na estrada até quarta-feira

Em declarações à Lusa, o capitão João Figueiredo, da Guarda Nacional Republicana (GNR), disse que o patrulhamento vai ser reforçado nas «vias mais críticas, com mais intensidade de tráfego e índice de sinistralidade», sendo, por isso, mais visível a presença dos militares da GNR nas estradas nacionais, itinerários complementares e principais e autoestradas. Nesta operação de 48 horas, os militares da GNR vão fazer incidir a fiscalização no controlo da velocidade, condução sem habilitação legal, sob influência do álcool e de substâncias psicotrópicas, manobras irregulares, não utilização do cinto de segurança e sistemas de retenção e utilização indevida de telemóveis. Segundo o capitão, estas são as principais falhas, detetadas nos condutores portugueses,  que contribuem para a maioria dos acidentes de viação. Esta é a quarta fase da operação “Hermes – Viajar em Segurança”, que vai ainda compreender uma outra, a decorrer de 31 de Agosto a 2 de Setembro. De acordo com a GNR, nas três primeiras fases da operação registou-se menos 120 acidentes, mais um morto, menos três feridos graves e menos 97 feridos ligeiros do que no mesmo período do ano passado.

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.