Mynatal

11ª edição do Prémio BPI ”la Caixa” Capacitar apoiou 28 projetos no valor de 750 mil euros

11ª edição do Prémio BPI ”la Caixa” Capacitar apoiou 28 projetos no valor de 750 mil euros

O Prémio BPI ”la Caixa” Capacitar presenteou, na sua mais recente edição, um total de 28 projetos, num valor total de 750 mil euros. Cada um recebeu, em média, cerca de 26.785 euros. 

Num comunicado enviado às redações, os promotores explicam que os projetos financiados vão apoiar cerca de 1.400 pessoas em situação de vulnerabilidade acrescida devido à suspensão das atividades terapêuticas, pedagógicas e de apoio social durante a pandemia de covid-19. “Esta situação provocou a perda de autonomia e agravou os problemas de inclusão de pessoas com deficiência, exigindo aos seus cuidadores que, na ausência de qualquer tipo de apoio, assumissem em exclusivo a prestação dos cuidados do dia-a-dia, criando situações de absoluta exaustão dos mesmos”, indicam. 

Relembrando os dados de um estudo do Observatório da Deficiência e Direitos Humanos (ODDH), que alertou que a pandemia deixou as pessoas com deficiência em condições de desigualdade no acesso à educação, sem terapias nem apoios sociais, a organização indica que muitos dos projetos distinguidos procuram dar “respostas sociais” às lacunas verificadas nos últimos meses, nomeadamente através do apoio a terapias especializadas para tratar ou retardar avanços da incapacidade e promoção de serviços a domicílio, ações de apoio aos cuidadores, promoção de ações que assegurem a integração na sociedade, em atividades socialmente úteis ou em negócios sociais, e atividades de promoção da autonomia, nomeadamente atividades desportivas. 

Os 28 projetos distinguidos pertencem à: ADICE – Associação para o Desenvolvimento Integrado da Cidade de Ermesinde, Alzheimer Portugal – Delegação Norte, ANPAR – Associação Nacional de Pais e Amigos Rett, APACI, APATRIS 21, APCAS – Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal, APCB – Associação de Paralisia Cerebral de Braga, APPACDM da Trofa, APPACDM de Vila Nova de Gaia – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental, ARTENAVE, Atelier – Associação de Solidariedade, Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa, Associação do Porto de Paralisia Cerebral, Associação R.Inserir, Associação Salvador, Associação Vila com Vida – a mais valia na Diferença, BIPP – Inclusão para a Deficiência, CAPITI, CERCI BRAGA, CERCIPOM, CERCITOP, CRL, ERICEIRA Surf Clube, Escola de Judo Ana Hormigo, Espaço t – Associação Para o Apoio à Integração Social e Comunitária, Instituto das Irmãs Hospitaleiras – Casa de Saúde Bento Menni, Instituto das Irmãs Hospitaleiras – Casa de Saúde Câmara Pestana, Instituto das Irmãs Hospitaleiras – Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família, O Fio de Ariana-Educação e Terapia, CRL e Pais-em-Rede. 

De referir que o Prémio Capacitar resulta de uma iniciativa conjunta do BPI e da Fundação ”la Caixa”, procurando dar resposta ao trabalho de muitos profissionais e voluntários em entidades do terceiro setor, através do apoio a projetos destinados a promover a melhoria da qualidade de vida, a ocupação e a autonomia de pessoas com deficiência ou incapacidade permanente em situação de vulnerabilidade social. 

Assinalando, este ano, a sua 11.ª edição, o prémio, criado em 2010, já atribuiu cerca de 6,9 milhões de euros a 219 projetos, apoiando mais de 42.000 pessoas com deficiência ou incapacidade permanente. 

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/ja-cheira-a-natal-na-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=201120-ta5&utm_campaign=sabebem58

Viva! no Instagram. Siga-nos.